Arquivo da tag: doces

Doce saudável: bolinhas de pasta de amendoim

Ingredientes

  • 100,0 grama de Pasta integral de amendoim
  • 1,0 xícara (chá) de Aveia em flocos
  • 2,0 colher (sopa) de Mel
  • 0,5 xícara (chá) de Farelo de aveia
  • 65,0 grama de Gotas de chocolate meio amargo

Modo de preparo

  • Misture todos os ingredientes e leve à geladeira por 15-30 minutos para poder enrolar.
  • Faça bolinhas e guarde na geladeira até servir.

Rendimento da receita: 12 porções

Pontos por porção: 4 ponto(s)

Nível de dificuldade: Fácil

Tempo de preparo: 20 minutos

 

Curtiu a receita? Diz pra gente nos comentários!

 

Torta de maçã fit

Se não consegue resistir a um doce durante o dia, mas quer permanecer na dieta essa receita é perfeita para você e acompanhada com um café fica melhor ainda. A Chef Thais Massa, especialista em culinária saudável, ensinou no seu Instagram como fazer essa deliciosa torta de maçã. Veja como fazer:

Massa:

  • 1/2 xícara de farinha de aveia
    – 1/2 xícara de farinha de arroz integral
    – 2 colheres de sopa de farinha de linhaça
    – 2 colheres de sopa de açúcar/adoçante de sua preferência
    – 2 colheres de sopa de óleo de coco
    – 1 scoop de WHEY protein de baunilha – se fizer sem, coloque mais adoçante!
    – 1/4 xícara de água quente para dar o ponto (coloque aos poucos)

Preparação 1:

Misture todos os ingredientes secos e, por último, acrescente a água aos poucos. Mexa até obter uma massa homogênea. Forre forminhas de fundo removível ou de silicone com parte da massa e faça furinhos com um garfo. Leve ao forno para pré assar, uns 10 minutinhos (não deixe muito porque você vai ter que voltá-la ao forno).

Recheio:

  • 2 maças picadas
    – 1 colher de chá de canela
    – 2 ou 3 colheres de sopa de açúcar/adoçante de sua preferência
    – 1 xícara de água filtrada
    – 2 colheres de sopa de pasta de amendoim

Preparação 2:

Coloque todos os ingredientes em uma panela e leve ao fogo baixo. Misture, tampe e deixe mais um pouco, até secar um pouco. Coloque sobre a massa pré assada. Coloque pedaços da massa por cima, conforme a foto. Asse em forno baixo pro aquecido até dourar.

Conteúdo tirado do Site Minha Vida

Exercícios físicos diminuem a vontade de comer doce, diz estudo

A resposta para o vício no açúcar pode estar nos exercícios

A primeira coisa que você tem que ter em mente é que é possível, sim, emagrecer sem ter que deixar de comer aqueles doces que você ama! Com uma reeducação alimentar bem feita, você perde peso de maneira natural e sem privações exageradas! E se você ainda duvida que isso é possível, clique aqui para ver vários depoimentos de pessoas que emagreceram sem ter de deixar que comer o que gostam!

Agora, vamos a parte dos exercícios! Confira o texto publicado pelo site Minha Vida, que mostrou os resultados de uma pesquisa feita pela Universidade de Leeds, na Inglaterra.

Para o trabalho, feito com 180 participantes, foram avaliadas a capacidade respiratória das pessoas, sua composição corporal e seus índices metabólicos. Depois, foram criados três grupos, entre os que praticavam alguma atividade de alta intensidade, média intensidade e baixa intensidade.

O próximo passo foi registrar o apetite de cada participante, incluindo seus gostos pessoais e grau de saciedade. Na análise, foi possível observar que os participantes mais ativos esportivamente consideravam em até 15% das vezes comidas gordurosas como menos atraentes do que os menos ativos.
Apesar dessa análise, os autores do estudo destacam que ainda são necessários novos testes. “O que nós descobrimos é que existe uma clara relação entre a intensidade da atividade física, aumentando a frequência cardíaca, produzindo suor e o desejo de comer itens cheios de gordura”, disse o pesquisador Graham Finlayson, em entrevista para o jornal The Telegraph.
“Podemos especular que aqueles que já ganham sua recompensa e alegria diárias ao se exercitarem são menos propensos a sucumbir às tentações das junk foods”, finaliza ele.

Saiba mais:

Doces perfeitos para quem quer emagrecer

Como diminuir a vontade de comer doces

Doces perfeitos para quem quer emagrecer

Confira 7 opções deliciosas e saudáveis

Você está morrendo de vontade de comer um doce, mas queria achar uma opção mais saudável? Que tal 7 opções para você se deliciar e fazer quando tiver vontade? Sim, emagrecer comendo doces é possível!

| • Quer ter acesso à receitas exclusivas que, além de deliciosas, vão te ajudar a emagrecer? Assine o Dieta e Saúde!

1. Morango com iogurte

morangocomiogurte

Lave e limpe os morangos. Enfie palitinhos de madeira (aquele de petisco) nos morangos. Mergulhe no iogurte e coloque num refratário com papel manteiga. Leve ao congelador por 10 minutos e está pronto.

2. Mousse de abacate com cacau

moussedecacau

Leve no liquidificador o abacate e o mel, depois acrescente o cacau em pó. Colocar em taças e leve para a geladeira. Confira a receita mais detalhada clicando aqui

3. Sorvete de morango e banana

sorvetedemorangocombanana

Congele as bananas maduras descascadas embrulhadas em papel manteiga, deixando uma noite ou 4h, congelar bem. Bata no liquidificador no pulsar com os morangos.
Fica muito bom com manga, mamão e goiaba.

4. Pudim de chia

pudimdechia

Em um recipiente misture iogurte grego com 3 colheres de semente de chia com damascos picados e deixe descansar por 15 minutos, em seguida, sirva. Adicione uma pitada de mel, canela e frutas frescas, se desejar.

5. Mousse de kiwi

moussedekiwi

Hidrate a gelatina sem sabor em 3 colheres (sopa) de água e dissolva em banho-maria. Bata com 3 kiwis com iogurte desnatado por 5 minutos ou até ficar homogêneo. Coloque em taças e leve à geladeira por 3 horas.

6. Iogurte com geleia de frutas

iogurtecomgeleiadefrutas
Essa é fácil, só intercalar geleia de frutas vermelhas com iogurte grego light.

7. Creme de manga

moussedemanga

Esse também é fácil, só bater uma manga com iogurte desnatado ou grego!
E dá para trocar por todas as frutas, como o abacate.

Saiba mais:

Como diminuir a vontade de comer doces

Como aproveitar o feriado sem engordar

Emagrecer comendo doces é possível?

doce e dieta

Para muitos, a palavra “dieta” é sinônimo de privação. Alguns acreditam que é preciso cortar da sua alimentação qualquer alimento que seja prazeroso. “Se é bom, engorda” já virou, praticamente, um ditado popular. Será que precisamos mesmo deixar de viver para emagrecer? Seriam os doces os vilões da história?

Doces na dieta

Não, os doces não são os culpados. Na verdade, eles podem, sim, fazer parte de uma alimentação saudável, equilibrada e que visa o emagrecimento. É importante lembrar que o açúcar presentes nos doces está relacionado à produção de serotonina, que é um neurotransmissor responsável pela sensação de prazer e bem-estar.

Emagrecer sem deixar de comer o que gosta

O segredo é o equilíbrio. Comer um brigadeiro de vez em quanto não vai jogar seus esforços no lixo. Desde que a base de sua alimentação não seja composta por doces, tudo ficará bem. É completamente possível emagrecer e manter uma alimentação saudável sem abrir maão dos deliciosos docinhos.

O que é saudável?

Muitos dizem que “comer doces não é saudável”. Mas, afinal, o que é ser saudável? Precisamos ter consciência de que nossa saúde mental também precisa estar em dia. Se você consome todos os nutrientes necessários para manter um bom funcionamento do seu corpo e mantém uma rotina de exercícios físicos regulares, que mal um doce faria? Muito pelo contrário: ele te dá prazer, alivia seu estresse e, muitas vezes, alegra os dias ruins. Saber controlar a quantidade é o segredo.

Coma, sim, mas não exagere

Açúcar em excesso faz mal, assim como tudo em excesso faz mal, não é mesmo? Se você tem um certo vício pelo açúcar, tente optar por versões mais light. Se você é chocólatra, tente experimentar versões mais amargas, que possuem mais cacau e são mais benéficas à saúde.

Reeducação alimentar

Aqui, nenhum alimento é proibido. Você só precisa aprender a balancear a alimentação e controlar as quantidades. Ao invés de ter “medo” da comida e de fazer privações, crie um bom relacionamento com os alimentos. Veja-os como aliados! Afinal, eles são responsáveis por manter seu corpo funcionando e, claro, por satisfazer suas papilas gustativas. Coma para viver; não viva para comer. Quer ajuda para começar? Clique aqui e comece agora a sua dieta

Saiba mais:

Como diminuir a vontade de comer doces

Como manter a dieta mesmo comendo fora

Aprenda a fazer marmitas perfeitas para a dieta

Como diminuir a vontade de comer doce

Dicas para controlar os impulsos e alcançar o emagrecimento

Muita gente faz tudo certinho na dieta, mas acaba “pecando” nos doces. Como sabemos, os doces são, sim, permitidos no processo de reeducação alimentar, desde que o equilíbrio seja mantido. Um docinho não vai te engordar, se ele for uma exceção. Agora, se ele for uma regra e você consumir em excesso todos os dias, suas chances de engordar são maiores.
Se você tem dificuldade para controlar aquele desejo por açúcar, confira as dicas a seguir.

Como saciar a vontade de comer doce

Se você já está acostumada a comer doces todos os dias, não pense que excluir todos os doces da sua vida de uma vez é uma boa ideia. Restrições desse tipo não contribuem para que você crie uma boa relação com os alimentos – ao invés de ter “medo” da comida. Portanto, comece a diminuir as quantidades aos poucos. Faça uma autoanálise e veja em quais períodos você costuma ter aquele ataque frenético de ansiedade para comer um doce e se pergunte por que isso tem acontecido. Utilizar o diário de pontos para manter um maior controle sobre os alimentos que você ingere durante o dia é uma ótima opção. E, claro, procure fazer substituições mais inteligentes! Troque o chocolate por alguma fruta que você gosta muito e, talvez, um iogurte ou barrinha de cereal.

• Quer emagrecer sem deixar de comer o que gosta? Clique aqui e faça sua avalição de peso. É de graça!

Vontade de comer doce no almoço

Essa “vontade” não se trata de uma tentação, mas sim de uma necessidade fisiológica! O açúcar é o alimento dos neurônios e nosso corpo precisa dessa substância para sobreviver.
E não é brincadeira: bastam 5 minutos sem glicose para uma pessoa morrer.
A glicose dá aquela sensação de prazer e felicidade, além de funcionar como uma defesa contra o estresse. Isso ocorre porque ela mexe com neurotransmissores ligados a esses sentimentos, como a dopamina e a serotonina.
Depois do almoço – às vezes até depois da janta – bate aquela vontade de comer doce porque a digestão de alimentos mais “pesados” demora mais e, sendo assim, o corpo continua com fome.

Vontade de comer doces na TPM

Já se perguntou por que a vontade de se afogar num mar de chocolate é muito maior quando estamos de TPM? Isso acontece porque essa vontade está relacionada a uma alteração dos neurotransmissores cerebrais, especialmente a serotonina, fazendo com que uma alteração no centro de controle do apetite aconteça. E, assim, surge aquela vontade maluca de se entupir de chocolate na TPM.

Permita-se, mas controle-se

Tenha em mente que o nosso objetivo aqui é reduzir a quantidade de doces, e não excluir os doces da sua vida. Como vimos, a glicose (seja de doces ou aquela presente nos carboidratos) é necessária para o bom funcionamento do nosso organismo. Mantenha o equilíbrio e veja como é possível emagrecer sem deixar de viver.

Saiba mais:

Meditação para emagrecer

Mantenha a dieta mesmo comendo fora

Aproveite o feriado sem engordar

Reduzindo os doces da reeducação alimentar

Aprenda alguns truques para diminuir a vontade por doces

A vontade de comer doces está diretamente relacionada ao aumento da produção de serotonina, um hormônio neurotransmissor responsável pela sensação de prazer. Quando estamos tristes ou por algum motivo os níveis deste hormônio estão em baixa em nosso organismo, sentimos vontade de comer alimentos doces. Por isso diminuir o consumo de doces torna-se tão difícil. No entanto, é de extrema importância controlar essa vontade que pode colocar em risco toda a nossa dieta.

Em um primeiro lugar é necessário saber em que momento do dia esse doce está sempre presente. No final do dia? Depois das refeições? Quando você está muito cansada ou irritada? Se conseguir entender a relação entre o doce e a recompensa causada fica bem mais fácil ficar sem ele. Por exemplo, se sua rotina é estressante, o doce pode estar relacionado com um momento de prazer no seu dia, e dessa maneira, você acaba ficando dependente de um docinho para liberar um pouco do estresse. No entanto, uma boa solução nesse caso é praticar exercício físico, ele também irá liberar substâncias relacionadas ao prazer, causando a mesma sensação de bem estar.

Algumas pessoas preferem excluir de maneira radical os doces da dieta, no entanto, essa não é a forma mais correta. A abstinência por doces poderá causar um grande consumo no futuro. O ideal é diminuir o consumo de forma gradual, assim, a substituição do alimento é naturalmente feita. Comer de três em três horas também ajuda a controlar a vontade por doces, uma vez que, ficar longos períodos em jejum faz com que os níveis de glicose do corpo fiquem baixos, gerando assim, a necessidade de consumir carboidratos e açúcares.

Outro erro é diminuir a quantidade dos alimentos das refeições para poder abusar nas sobremesas. Nessa troca é levada em consideração apenas a quantidade de calorias, deixando de lado as vitaminas e minerais necessários para manter nossa alimentação equilibrada provenientes da refeição.

Hoje, é possível incluir alimentos doces em sua dieta sem apelar para os bolos e tortas pouco saudáveis. Opte por frutas frescas ou desidratadas, chocolate amargo combinado uma fruta, leite com aveia, mel e canela, balas de algas, geleia light com torrada e cookies integrais são algumas opções.

Bruna Pinheiro
Nutricionista do Dieta e Saúde
CRN3 35001

Carboidrato engorda?

471452303

Essa é sem dúvida uma das primeiras perguntas que alguém que busca emagrecer faz ao nutricionista. E foi exatamente ela que me inspirou no post de hoje. Chegou a hora de uma vez por todas responder essas e outras perguntinhas sobre esse polêmico nutriente. E para começar…

O que são carboidratos?
Carboidratos representam a principal fonte de energia do organismo e podem ser divididos em dois grupos: simples e complexos.
Os carboidratos simples possuem uma estrutura curta, e por essa razão, passam pelo processo de digestão e são absorvidos de forma rápida, fazendo a glicemia aumentar em poucos minutos. Exemplos de carboidratos simples são o açúcar, mel, frutas e doces em geral. Já os carboidratos complexos apresentam estrutura longa e, por isso, são digeridos e absorvidos lentamente pelo organismo, com isso a glicemia aumenta progressivamente garantindo uma saciedade prolongada. Exemplos de alimentos fontes desse tipo de carboidrato são cereais como arroz, trigo, milho e aveia. Nesse grupo estão também as fibras, consideradas carboidratos não digeridos obtidos principalmente pelo consumo de legumes, vegetais folhosos, casca e bagaço de frutas e alimentos integrais.

Comer carboidrato de noite engorda.
Mito. Cada 1 grama de carboidratos tem 4 calorias independente do horário que eles são consumidos. Por isso, ingerir carboidratos no período noturno não é a razão do aumento de peso. No entanto, durante o sono, a digestão fica mais lenta, por isso, é indicado prestar atenção nas quantidades, certamente comer 3 pães as noites aumenta as chances do ganho de peso, mas não pelo carboidrato e sim pelo excesso de calorias da refeição.

É possível eliminar carboidratos da dieta sem qualquer prejuízo.
Mito. O carboidrato é a principal fonte de energia para o organismo e não é aconselhável que seja retirado das refeições. Esse nutriente deve representar de 45 a 65% da ingestão calórica diária. A oferta insuficiente de carboidratos pode ocasionar tonturas, fraqueza, mal estar e mau hálito. Além disso, na ausência de carboidratos para gerar energia, o organismo pode gerar energia a partir do consumo de proteínas do organismo, ou seja, dos músculos.

Carboidratos simples têm alto índice glicêmico.
Verdade. O índice glicêmico indica a velocidade que o carboidrato cai na corrente sanguínea e consequentemente eleva a glicemia estimulando a liberação de insulina, quanto maior essa velocidade mais alto é o índice. Os carboidratos simples (monossacarídeos: frutose, glicose, galactose; e dissacarídeos: sacarose, maltose, lactose) são rapidamente digeridos e absorvidos pelo corpo elevando em pouco tempo a glicemia e, portanto os alimentos que possuem esse tipo de nutriente são classificados como de alto índice glicêmico.

Alimentos com alto índice glicêmico são um perigo para quem sofre de diabetes.
Verdade. Alimentos com alto índice glicêmico como os doces, logo após o consumo são rapidamente absorvidos provocando o aumento da glicemia. Em um portador de diabetes tipo 2, cuja liberação e resposta a insulina é ineficiente esse aumento da glicemia ocorre de forma considerável e se mantem, já que a glicose não consegue entrar na célula e acaba se acumulando na circulação. Com isso os diabéticos podem apresentar sintomas como mal estar, dores de cabeça, tontura, náuseas, vômitos, dor abdominal e em casos graves perda de consciência e coma hiperglicêmico. No caso do diabetes tipo 1, após o consumo de alimentos com alto índice glicêmico é preciso adaptar a dose de insulina a ser administrada, conforme orientação médica.

Todas as frutas são fonte de carboidratos.
Verdade. As frutas são fontes de frutose um tipo de carboidrato que atua fornecendo energia ao corpo. Algumas frutas, como uva, pêssego, melancia e principalmente as frutas secas (damasco, ameixa, uva passa) possuem um maior teor de carboidrato do que outras, mas no geral todas as frutas são importantes fontes desse nutriente. Esse grupo alimentar é ainda fonte de fibras, presentes nas cascas e bagaço, assim como vitaminas como C e A, além de minerais como potássio e fósforo.

O carboidrato da fruta é o mais saudável que existe.
Mito. Apesar das frutas serem consideradas alimentos saudáveis e nutritivos não podem ser apontadas como a única ou mesmo a fonte mais saudável de carboidrato. As frutas apresentam frutose, carboidrato que oferece energia ao corpo, e também fibra essencial para o bom funcionamento intestinal e promoção da saciedade. No entanto, cereais integrais como arroz, aveia, trigo, centeio e seus derivados como pães, biscoitos e massas integrais também fornecem energia e fibra, portanto são tão saudáveis quanto às frutas.

Carboidrato engorda.
Mito. O carboidrato quando consumido em excesso pode favorecer o ganho de peso, devido ao aumento de calorias ingeridas, entretanto isso ocorre também com proteínas e gorduras quando também consumidas em excesso. O principal responsável pelo ganho de peso é o alto consumo de calorias, principalmente quando em quantidades superiores a necessidade do organismo, associado à baixa queima dessa caloria ingerida. Alguns estudos apontam que o alto índice glicêmico dos alimentos, favorece a transformação de açúcar em gordura contribuindo com o ganho de peso, além de aumentar a fome, porém esse acúmulo de gorduras também ocorre com o excesso de proteínas e, sobretudo gorduras. Os carboidratos são a principal fonte de energia e não devem ficar fora da alimentação.

Ana Carolina Icó
Nutricionista
CRN3: 34133

Dica de doce pós churrasco

Para você que não dispensa um churrasco, aqui vão algumas dicas do que evitar para aproveitar sem prejudicar sua dieta!
Fuja de carnes como bisteca, cupim, linguiça, costela e até mesmo os pequenos corações de galinha. Prefira os cortes magros como patinho, maminha, lagarto, filé mignon e coxão mole.
A coxa ou asinha de frango podem ser consumidas, mas, desde que sem a pele. Já a picanha pode aparecer no prato, desde que a gordura aparente da carne seja retirada.

Nesse vídeo a nossa nutri, Bruna Pinheiro, vai dar uma dica para quem gosta de comer doces depois do churrasco. Gostaram?
Agora não tem mais desculpa para exagerar no final de semana e extrapolar nos pontosDS!

Ainda não sabe quantos pontos deve consumir? Faça sua avaliação de peso gratuita e comece agora!

Receita doce

Bateu aquela vontade de comer doce?
Olha só esse vídeo com a dica da nossa querida nutri Bruna Pinheiro.
Agora você pode comer doce sem culpa e sem atrapalhar a sua dieta. Além de ser uma delícia, essa receita tem apenas 2 pontosDS!

Mas não esqueçam de colocar tudo no seu app ou na central do assinante!
Ainda não começou? Faça agora uma avaliação de peso gratuita!