Arquivo da tag: doce

Adoçante Low Carb

Tirar o açúcar refinado da alimentação pode parecer difícil, mas com o tempo você se acostuma bem a ficar sem ele. Manter o nível de açúcar elevado no organismo é incrivelmente prejudicial. Por isso, definitivamente, vale o esforço de retirá-lo da sua vida para sempre e não somente na dieta.

Felizmente, há alguns adoçantes encontrados na natureza que são realmente bons para a sua saúde. Eles são baixos em calorias, baixos em frutose e são bem doces. O mais indicado para a dieta low carb é a Stevia. Ela não possui contra-indicação, é uma planta atoxica, pode ser usada em bebidas e pratos quentes e frios, podendo levar ao congelador e ao fogo, sem risco. Mesmo que você não faça dietas, ou que tenha outro objetivo que não seja o emagrecimento, a stevia sempre será a melhor opção, caso queira retirar o açúcar tradicional da sua vida.

A stevia é um adoçante com baixíssimas calorias, quase zero. É extraído das folhas de uma planta chamada Stevia rebaudiana. Esta planta tem sido utilizada para doces e medicamentos por séculos na América do Sul. Existem vários compostos doces encontrados nas folhas de Stevia, os principais são Stevioside e Rebaudioside. A. Ambos são muitas vezes mais doces que o açúcar.

Existem alguns estudos em seres humanos que mostram Stevia para ter benefícios para a saúde. Quando a pressão arterial é alta, a Stevia pode diminuí-la em 6-14%. No entanto, não tem efeito sobre a pressão arterial normal ou apenas levemente elevada. A Stevia demonstrou diminuir os níveis de açúcar no sangue em diabéticos. Há também estudos em ratos que mostram que Stevia pode melhorar a sensibilidade à insulina, reduzir o colesterol ruim e reduzir a formação de placa nas artérias.

 

Conteúdo tirado do Site 1news 

Doce saudável: bolinhas de pasta de amendoim

Ingredientes

  • 100,0 grama de Pasta integral de amendoim
  • 1,0 xícara (chá) de Aveia em flocos
  • 2,0 colher (sopa) de Mel
  • 0,5 xícara (chá) de Farelo de aveia
  • 65,0 grama de Gotas de chocolate meio amargo

Modo de preparo

  • Misture todos os ingredientes e leve à geladeira por 15-30 minutos para poder enrolar.
  • Faça bolinhas e guarde na geladeira até servir.

Rendimento da receita: 12 porções

Pontos por porção: 4 ponto(s)

Nível de dificuldade: Fácil

Tempo de preparo: 20 minutos

 

Curtiu a receita? Diz pra gente nos comentários!

 

Torta de maçã fit

Se não consegue resistir a um doce durante o dia, mas quer permanecer na dieta essa receita é perfeita para você e acompanhada com um café fica melhor ainda. A Chef Thais Massa, especialista em culinária saudável, ensinou no seu Instagram como fazer essa deliciosa torta de maçã. Veja como fazer:

Massa:

  • 1/2 xícara de farinha de aveia
    – 1/2 xícara de farinha de arroz integral
    – 2 colheres de sopa de farinha de linhaça
    – 2 colheres de sopa de açúcar/adoçante de sua preferência
    – 2 colheres de sopa de óleo de coco
    – 1 scoop de WHEY protein de baunilha – se fizer sem, coloque mais adoçante!
    – 1/4 xícara de água quente para dar o ponto (coloque aos poucos)

Preparação 1:

Misture todos os ingredientes secos e, por último, acrescente a água aos poucos. Mexa até obter uma massa homogênea. Forre forminhas de fundo removível ou de silicone com parte da massa e faça furinhos com um garfo. Leve ao forno para pré assar, uns 10 minutinhos (não deixe muito porque você vai ter que voltá-la ao forno).

Recheio:

  • 2 maças picadas
    – 1 colher de chá de canela
    – 2 ou 3 colheres de sopa de açúcar/adoçante de sua preferência
    – 1 xícara de água filtrada
    – 2 colheres de sopa de pasta de amendoim

Preparação 2:

Coloque todos os ingredientes em uma panela e leve ao fogo baixo. Misture, tampe e deixe mais um pouco, até secar um pouco. Coloque sobre a massa pré assada. Coloque pedaços da massa por cima, conforme a foto. Asse em forno baixo pro aquecido até dourar.

Conteúdo tirado do Site Minha Vida

Como diminuir a vontade de comer doce

Dicas para controlar os impulsos e alcançar o emagrecimento

Muita gente faz tudo certinho na dieta, mas acaba “pecando” nos doces. Como sabemos, os doces são, sim, permitidos no processo de reeducação alimentar, desde que o equilíbrio seja mantido. Um docinho não vai te engordar, se ele for uma exceção. Agora, se ele for uma regra e você consumir em excesso todos os dias, suas chances de engordar são maiores.
Se você tem dificuldade para controlar aquele desejo por açúcar, confira as dicas a seguir.

Como saciar a vontade de comer doce

Se você já está acostumada a comer doces todos os dias, não pense que excluir todos os doces da sua vida de uma vez é uma boa ideia. Restrições desse tipo não contribuem para que você crie uma boa relação com os alimentos – ao invés de ter “medo” da comida. Portanto, comece a diminuir as quantidades aos poucos. Faça uma autoanálise e veja em quais períodos você costuma ter aquele ataque frenético de ansiedade para comer um doce e se pergunte por que isso tem acontecido. Utilizar o diário de pontos para manter um maior controle sobre os alimentos que você ingere durante o dia é uma ótima opção. E, claro, procure fazer substituições mais inteligentes! Troque o chocolate por alguma fruta que você gosta muito e, talvez, um iogurte ou barrinha de cereal.

• Quer emagrecer sem deixar de comer o que gosta? Clique aqui e faça sua avalição de peso. É de graça!

Vontade de comer doce no almoço

Essa “vontade” não se trata de uma tentação, mas sim de uma necessidade fisiológica! O açúcar é o alimento dos neurônios e nosso corpo precisa dessa substância para sobreviver.
E não é brincadeira: bastam 5 minutos sem glicose para uma pessoa morrer.
A glicose dá aquela sensação de prazer e felicidade, além de funcionar como uma defesa contra o estresse. Isso ocorre porque ela mexe com neurotransmissores ligados a esses sentimentos, como a dopamina e a serotonina.
Depois do almoço – às vezes até depois da janta – bate aquela vontade de comer doce porque a digestão de alimentos mais “pesados” demora mais e, sendo assim, o corpo continua com fome.

Vontade de comer doces na TPM

Já se perguntou por que a vontade de se afogar num mar de chocolate é muito maior quando estamos de TPM? Isso acontece porque essa vontade está relacionada a uma alteração dos neurotransmissores cerebrais, especialmente a serotonina, fazendo com que uma alteração no centro de controle do apetite aconteça. E, assim, surge aquela vontade maluca de se entupir de chocolate na TPM.

Permita-se, mas controle-se

Tenha em mente que o nosso objetivo aqui é reduzir a quantidade de doces, e não excluir os doces da sua vida. Como vimos, a glicose (seja de doces ou aquela presente nos carboidratos) é necessária para o bom funcionamento do nosso organismo. Mantenha o equilíbrio e veja como é possível emagrecer sem deixar de viver.

Saiba mais:

Meditação para emagrecer

Mantenha a dieta mesmo comendo fora

Aproveite o feriado sem engordar

Batata-doce: conheça os seus benefícios

Além de ser uma ótima aliada no emagrecimento, é super benéfica para a saúde!

Getty Images – Batata-doce

A batata-doce é uma das hortaliças mais cultivadas no nosso país. Embora seu uso só tenha ficado mais popular ultimamente, ela já é um alimento milenar! Originária da América Central do Sul, ela é encontrada desde o México até a Colômbia. Sua aparência pode variar um pouquinho, podendo ser amarelada, branca ou roxa.
Será que a batata-doce só ficou popular por se tratar de mais um modismo do mundo fitness ou será que ela, realmente, é um ótimo alimento para se incluir na alimentação?
Felizmente, a resposta correta é a segunda opção.

Batata-doce emagrece?

Como já sabemos, nenhum alimento por si só tem a capacidade de retirar a gordura corporal de alguém. O que emagrece é a qualidade da dieta por completo. Não adianta comer batata-doce o dia todo e depois se entupir de doces, certo?
No entanto, ela pode, sim, ajudar no emagrecimento. A batata-doce, por possuir alto teor de fibras e baixo índice glicêmico, ajuda você a se manter saciado por mais tempo. Além disso, alimentos com essa característica liberam o açúcar no sangue aos poucos – ao contrário dos alimentos com alto índice glicêmico – e promovem uma digestão mais lenta, que favorece a perda de peso.

Batata-doce faz bem para a saúde?

Com certeza, faz! É um alimento rico em vitamina A, vitaminas do complexo B, cálcio, fósforo e ferro. Ela também possui um amido resistente que, por ser uma fibra insolúvel, resiste às enzimas do intestino delgado – que não é capaz de digeri-lo – e atrai as moléculas de gordura e de açúcar, que é, também, o motivo de ser um alimento de baixo índice glicêmico. Esse mecanismo também ajuda na prevenção e tratamento de diabetes tipo 2!

Devo comer com a casca?

Você não vai morrer se comer sem casca. Contudo, se puder comer com a casca, será muito melhor. Só a casca da batata-doce pode ter mais vitamina C do que uma laranja inteira! Sem falar que é na casca que encontramos as fibras e o potássio. Que tal experimentar batata-doce assada sem tirar a casca? Fica uma delícia e contribui para a sua dieta!

Assada ou cozida?

Quando assamos a batata-doce, o índice glicêmico dela aumenta. Isso ocorre porque o calor desidrata o alimento e quebra os grânulos de amido. Quando cozida, o índice glicêmico não aumenta, pois a presença de água dificulta a quebra do amido.
Portanto, cabe a você escolher – de maneira inteligente – o momento ideal para consumi-la na forma assada ou cozida. Porém, se o objetivo é o emagrecimento, cozir será sempre a melhor opção.

| • Quer emagrecer sem deixar de comer o que gosta? Clique aqui e faça sua avaliação de peso. É de graça!

Saiba mais:

Como fazer marmitas saudáveis?

Kefir: conheça o alimento que promete emagrecer e melhorar seu intestino

O que comer à noite para não engordar?