Bárbara conseguiu emagrecer 27 kg com reeducação alimentar: “Ganhei uma vida”

Além de adotar uma nova vida de alimentação saudável, ela deixou o sedentarismo e recuperou a autoestima

A professora Bárbara Regina de Oliveira, 31 anos, passou boa parte da vida em uma constante luta com a balança, algo que lhe causava sofrimento. “Talvez quem nunca foi obeso não saiba como é triste sofrer a vida inteira por causa de seu peso, como é ser humilhado enquanto criança com apelidos maldosos e ser rejeitado na adolescência”, conta Bárbara.

Os problemas de peso pioraram após uma cirurgia de redução de mama mal sucedida. “Onze anos atrás fiz esta cirurgia, mas tive vários problemas no pós-operatório e precisei realizar outros procedimentos para corrigi-los. Isto acabou com minha autoestima, não conseguia sair na rua, não queria mais ir para a escola, enfim, fiquei com vergonha do meu corpo e descontei na comida”.

Bárbara passou a comer compulsivamente. “Eu comia por instinto, vontade. Não tinha nenhum controle, se quisesse comer um pote de sorvete, eu comia”, recorda-se. E assim Bárbara seguiu ao longo de anos. O resultado? Ela, que tem 1,51 m de altura, chegou a pesar 83 kg!

A dieta que não esperou a segunda-feira

Em um domingo de agosto de 2014, Bárbara recebeu alguns familiares em casa para um almoço. “Depois fomos a um parque, tiramos várias fotos e minha prima postou no Facebook. Na hora que vi uma das fotos entrei em desespero total. Na imagem parecia que havia uma boia na minha barriga! Além disso, eu usava camiseta do meu marido, legging e chinelo”. Ao ver esta imagem, Bárbara decidiu que estava na hora de mudar. “Fui ao mercado comprar alimentos saudáveis no domingo mesmo, não quis saber de esperar a segunda-feira”.

A reeducação alimentar

Bárbara já havia tentado algumas dietas malucas. “Todas eram muito restritivas, dava 3 horas da tarde e eu queria comer algo fora do cardápio e a dieta já ia por água abaixo”, recorda-se. Porém, após algumas pesquisas na internet ela decidiu participar do programa de emagrecimento do Dieta e Saúde. “O que me fez ser adepta é que por ser uma dieta dos pontos eu poderia comer o que quisesse, desde que estivesse dentro da minha pontuação”. Para fazer o download do aplicativo Dieta e Saúde, clique aqui.

Com a ajuda do Dieta e Saúde, Bárbara aprendeu a se alimentar de maneira balanceada. “Antes eu comia frutas, verduras e legumes, mas muito pouco e não era diariamente. Hoje, como grandes variedades destes alimentos todos os dias”.

A grande tentação de Bárbara, os doces, ainda continuam no cardápio, mas de forma muito mais discreta. “Durante a semana, consigo me controlar bem e os doces não entram em casa. Já, aos finais de semana, como um doce quando saio, mas sem abusos”.

Durante todo o processo de emagrecimento, Bárbara não encarou o Dieta e Saúde como uma dieta, mas sim como uma reeducação alimentar. “Por isso, não tiro nada do meu cardápio, mas sim opto por ingerir menores quantidades dos alimentos mais calóricos”.

Outra questão importante durante a reeducação alimentar foi se alimentar de três em três horas, o que incluiu as refeições principais e os lanches intermediários. Antes de entrar no programa, Bárbara não tomava café da manhã e, como consequência, comia grandes porções no lanche da manhã e almoço. “Agora eu como com frequência e estou sempre saciada”.

A informação também foi uma grande aliada do processo de emagrecimento de Bárbara. No início, ela não sabia o que eram carboidratos, proteínas e nem quais alimentos eram as melhores opções. Com a ajuda do Dieta e Saúde e de reportagens sobre alimentação, ela entendeu o que era melhor consumir e o que deveria ser evitado. “Aprendi a ler rótulos para ver o que realmente era saudável e o que não era. Por fim, passei a beber muito mais água. Hoje, consumo dois litros por dia e sempre ando com uma garrafinha”.

Aliado à reeducação alimentar, Bárbara deixou o sedentarismo e passou a praticar uma série de atividades. Primeiro, ela começou com o pilates e depois para exercícios funcionais, muay thai, cross fit e corrida. “Na minha primeira aula de treino funcionais pensei que fosse morrer, não consegui completar um exercício. Com o tempo fui melhorando e entendendo que não era tão difícil assim, eu é que estava muito sedentária”.

Bárbara já participou e completou quatro corridas de 5 e 6 quilômetros. “Completar uma corrida foi algo tão surreal para mim. Fiz uma de seis quilômetros com tantas ladeiras que não achei que fosse aguentar, mas o momento que consegui terminar foi inexplicável, todos meus colegas de corrida estavam lá torcendo por mim, foi muito satisfatório”.

Todos os esforços de Bárbara valeram a pena e ela perdeu 27 kg em um ano e quatro meses! Além disso, ela ganhou saúde e recuperou sua autoestima. “Com a minha mudança, eu ganhei uma vida”.

Para quem quer emagrecer, Bárbara deixa o recado: “você precisa mudar algo dentro de você, sair da sua zona de conforto e estar determinado. Não é fácil, não adianta, em cada refeição eu tenho que controlar hábitos ruins de uma vida inteira. Eu mato um leão por refeição, mas vale a pena”.
• Quer emagrecer até 4 quilos por mês sem deixar de comer o que gosta, como a Bárbara fez? Clique aqui, e comece agora 🙂

Saiba mais:

“Dizem que pareço 10 anos mais jovem” – Conheça a história de Izabel, que conseguiu emagrecer 27kg com o Dieta e Saúde

Jaqueline conseguiu emagrecer 30kg em 1 ano com a ajuda do Dieta e Saúde

“Aprendi um estilo de vida pra sempre, não uma dieta de emagrecimento” – Conheça a Alice que eliminou mais de 19kg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *