Novo remédio para emagrecer. Você viu?

Provavelmente, nos últimos dias, vocês ouviram falar sobre a “pílula da refeição imaginária”. O nome da nova droga é fexaramine.

Mas o que ela faz?

Primeiros estudos mostram que a pílula obteve resultado positivo em camundongos obesos. Os ratos deixaram de ganhar peso, perderam gordura e ficaram com níveis mais baixos de açúcar no sangue e colesterol do que os camundongos que não receberam o medicamento.

Esse é um mecanismo totalmente novo. Novo porque o remédio não é absorvido e cai na corrente sanguínea e não chega ao sistema nervoso central, mas até aí já existe remédio para emagrecer que também não é absorvido, como é o caso do orlistat. A fexaramine, em vez de eliminar gordura, como o orlistat, ativa um receptor que vai estimular o gasto de energia e a queima de gordura nos indivíduos tratados.

Quer dizer que descobriram a pílula mágica do emagrecimento?
A resposta é NÃO!

Há muitos anos a comunidade cientifica já abandonou essa ideia de que vai existir uma pílula mágica que vai funcionar para todo mundo. Afinal a obesidade é uma doença que tem várias causas e em cada pessoa ela se manifesta com fatores diferentes, então provavelmente, como acontece com os outros remédios para emagrecer, vai ter pacientes que vão responder muito bem a esse novo medicamento, outros nem tanto e provavelmente um grupo de pacientes nem vai responder bem a ele.

Além disso, o medicamento está na fase de teste e ainda são necessários muitos e muitos estudos antes de afirmar benefícios sobre ele.

Serão necessários pesquisas clínicas em humanos para avaliar os impactos do remédio em diferentes grupos e populações. Alem de ser importante conhecer os mecanismo de ação e os efeitos colaterais.

Vale lembrar que nada substitui uma alimentação saudável e equilibrada para manter a saúde e atingir a meta de peso!

A reeducação alimentar ainda é e sempre será o melhor caminho para o emagrecimento.

 

Bruna Pinheiro
Nutricionista Dieta e Saúde
CRN-3 35001

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *