Marmita saudável: como fazer?

Veja como manter a dieta mesmo comendo fora de casa

Getty Images

Para quem está correndo atrás do emagrecimento, marmitas são ótimas aliadas. Comer fora pode ser muito perigoso se você não tiver foco. Sim, você pode ir almoçar naquele restaurante por quilo baratinho que fica bem próximo do seu trabalho. Afinal, a variedade de legumes, verduras, saladas e proteínas é grande, o que pode ser ótimo para sair da mesmice na alimentação. Contudo, se você não tiver “maturidade”, logo irá sucumbir a outros tipos de variedades que esses restaurantes oferecem: frituras, alimentos gordurosos, petiscos e, claro, doces extremamente calóricos e com pouco valor nutricional.

Além desses fatores, marmitas também possuem uma outra ótima vantagem: você sabe a procedência da comida. É muito difícil saber, de maneira exata, o que foi incluído no preparo dos alimentos que vemos nos restaurantes. E, por isso, às vezes eles podem ser muito mais calóricos do que parecem.

Pote de vidro ou de plástico para a marmita saudável?

Por mais que aqueles potinhos de vidro possam ser um pouco mais pesados, eles ainda são a melhor opção. Quando aquecido, o plástico contamina alimentos com ftalatos e bisfenol, que, além de favorecer o ganho de peso, são compostos cancerígenos.

O que levar para comer no trabalho?

Escolha uma opção de carboidrato, de preferência, integral (arroz integral, macarrão integral, batata-doce ou mandioca). Inclua, também, uma proteína magra (peito de frango, peixe, carnes magras em geral), legumes refogados e/ou verduras. A quantidade depende da rotina e das necessidades calóricas de cada indivíduo.

Qual o tamanho ideal da marmita saudável?

Na verdade, não existe um “tamanho ideal”. No entanto, opte por marmitas que não sejam muito fundas, pois elas podem sabotar sua dieta. Faça um experimento: pegue a comida que você leva na marmita e transfira para um prato raso. Dessa maneira, você será capaz de ver se está exagerando ou não.

Não cabe tudo na marmita?

Que tal separar um potinho de plástico para os alimentos que não precisas ser aquecidos (salada, alguns legumes e verduras) e um pote de vidro para os outros alimentos que serão esquentados? Vale ressaltar que é sempre bom ter uma saladinha de entrada! Além dos benefícios à saúde, ela vai te dar mais saciedade, fazendo com que você não coma mais do que precisa.

• Quer emagrecer até 4 quilos por mês sem deixar de comer o que gosta? Clique aqui, e comece agora 🙂

Saiba mais:

Como lidar com os exageros na alimentação

O que comer à noite para não engordar?

Aprenda a montar lanchinhos saudáveis

6 ideias sobre “Marmita saudável: como fazer?

  1. Geovana

    Eu sempre faço minhas marmitas. São raras as vezes que preciso ir almoçar no restaurante porém como tenho só o domingo para organizar o almoço da semana acabo congelando os potinhos e fico na duvida sobre congelar alguns alimentos. Peixe por exemplo nunca levei no almoço pois tenho medo do resultado. Vcs poderiam fazer uma matéria sobre congelamento das marmitinhas?!

    Responder
  2. renata

    Gostei muito do que li aqui no seu site.Estou estudando o assunto,Mas quero agradecer por que seu texto foi muito valido. Obrigada 🙂

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *