Intolerância x alergia alimentar

Nos últimos meses tenho ouvido em toda parte um “burburinho” muito grande sobre o consumo de glúten e lactose. Porém, junto matérias informativas estão materiais que contribuem para espalhar um certo pânico entre as pessoas. Por isso, hoje decidi abordar um pouquinho sobre esse assunto.

Depois do ovo e da carne vermelha, chegou a vez do glúten assumir o posto de vilão da saúde atualmente. Mas afinal, o que é glúten? O glúten nada mais é do que uma proteína de tamanho grande, formada por duas proteínas menores chamadas gliadina e glutenina, presentes em cereais como o trigo.

Toda a polêmica que envolve esse nutriente começou quando celebridades começaram a atribuir seus corpos magros à dieta sem glúten, surgiram as dietas desintoxicantes e algumas notícias começaram a relacionar a proteína ao aumento de casos de doenças graves, como as cardíacas e o Alzheimer. O fato é que muito do que se diz sobre o nutriente não tem comprovação científica, pois o glúten não engorda e a ciência ainda não comprovou que em nível populacional ele provoque Alzheimer, por exemplo.

É bom esclarecer que algumas pessoas precisam sim excluir esse nutriente da alimentação, como é o caso das pessoas com doença celíaca.

A lactose volta e meia divide com o glúten o posto de vilão da saúde. Presente nos leites e derivados, a lactose é um tipo de açúcar formado por uma molécula de glicose e outra de galactose.

A lactose começou a ser alvo de polêmicas, depois que surgiram alguns tipos de dietas que encorajam a retirada total dos lácteos, por afirmar que esse grupo alimentar é capaz de provocar um processo inflamatório no organismo, devido a presença da lactose e de proteínas lácteas (betalactoglobulina e caseína) que poderia deixar o organismo mais vulnerável ao ganho de peso.

O fato é que não há relatos científicos que relacionem a lactose com o ganho de peso, ou obesidade. A recomendação é que apenas portadores de intolerância à lactose, retirem os lácteos da alimentação. A intolerância à lactose, por sua vez é uma condição na qual existe uma deficiência de lactase, uma enzima, cuja função é quebrar as moléculas de lactose. A intolerância ocorre quando o intestino deixa de produzir a quantidade necessária de lactase, e assim a capacidade de digerir a lactose é comprometida.

doencaceliacaintolerancialactose_1

foto11

O meu recadinho é: quem sente desconfortos gastrointestinais, irritação na pele, dores de cabeça, ou qualquer outro sintoma associado ao consumo de alimentos com glúten e lactose, o melhor a fazer é buscar o médico e realizar os exames diagnósticos necessários. A partir dos resultados, uma vez comprovada a alergia ou intolerância, um profissional nutricionista em uma consulta presencial poderá fazer as adaptações na alimentação.

Retirar um grupo de alimentos por conta própria, sem adaptações nos demais grupos, pode provocar carências nutricionais! Fique atento! 😉

Boa semana!

 
Ana Carolina Icó
Nutricionista
CRN3: 34133

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *