Dieta e restaurante por quilo combinam?

Veja se é possível emagrecer mesmo comendo fora

Baratos e com uma grande variedade de alimentos, os famosos “quilinhos” são os favoritos de muitos. Principalmente, daqueles que não gostam de levar marmitas – ou que não conseguem se organizar para prepará-las. Aprenda a comer corretamente mesmo estando fora de casa com as dicas a seguir.

Procure seguir a ordem

Geralmente, as opções frias (saladas, verduras e legumes) vem primeiro e, depois, os pratos quentes com as opções principais. Por que é uma boa ideia seguir essa ordem? Pelo simples fato de que se você preencher boa parte do seu prato com saladas, verduras e legumes primeiro, a chance de exagerar na quantidade de outros alimentos mais calóricos é muito menor.

Tome cuidado com a disposição dos alimentos

Como dito no tópico anterior, geralmente, as opções frias vem primeiro e os pratos quentes vem depois. Só que geralmente não quer dizer sempre. Alguns restaurantes fazem questão de colocar as sobremesas antes do resto. Sendo assim, quando alguém chega no restaurante com muita fome, sua tendência é ceder, quase que de imediato, aos doces. Por isso, antes de agir por impulso, pense bem naquilo que você está fazendo antes de comer.

Seja simples

Quanto mais simples for a alimentação, maiores as chances de preservar uma boa qualidade nutricional. Aquela clássica combinação perfeita não deixa margem para erros: legumes, verduras, arroz, feijão e uma carne magra. Mas é claro que você pode fazer outras variações tão boas quanto esse prato. O importante é sempre procurar seguir esse modelo: um pouco de carboidratos complexos, proteínas de fonte vegetal, alguma leguminosa, salada e carnes magras. Fácil, rápido, delicioso e perfeito para seu corpo funcionar bem! Evite farofas, pratos à milanesa, molhos, torresmos, frituras e alimentos muito gordurosos.

Sobremesa?

Sabemos que as opções mais comuns de sobremesa em restaurantes não são, exatamente, boas opções para quem quer emagrecer. O que mais vemos são bolos, tortas e sorvetes. A melhor opção? Frutas! Você pode optar por um suco natural ou uma fruta para saciar aquela vontade louca de comer doces.

Use e abuse da variedade, mas com inteligência

A maior vantagem do restaurante por quilo é, com certeza, a variedade. Geralmente, quem faz marmitas tem uma dificuldade maior para variar os alimentos, visto que é mais fácil preparar sempre a mesma coisa. Nos “quilinhos”, esse problema não existe. Enjoou de arroz integral? Que tal tentar a batata-doce? E, se enjoar da batata-doce, que tal experimentar a mandioca ou a mandioquinha? Enjoou do frango? Por que não tentar alguns peixes? A variedade é enorme! Dificilmente, você vai enjoar de tudo. Lembre-se que a variedade na alimentação é um fator determinante para o seu sucesso na dieta. Pessoas que comem as mesmas coisas todos os dias estão mais suscetíveis a enjoar e desistir do emagrecimento.

Saiba mais:

Aprenda a fazer marmitas perfeitas para a dieta

6 maneiras criativas de incluir a quinoa no cardápio

4 erros comuns no preparo de lanches

Uma ideia sobre “Dieta e restaurante por quilo combinam?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *